segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

É difícil, menina!

Uma pena. A Leona Lewis não conseguiu interpretar a canção principal do filme Avatar. Quando os créditos iniciaram e a música começou, eu já estranhei. No fim eu disse que dificilmente alguém conseguiria cantar isso ao vivo. Quando eu soube que era ela, preconceituosamente eu tive certeza que ela não conseguiria. E ela não me surpreendeu. Veja e ouça a versão ao vivo no link que está em algum lugar desse blog. Deve estar visível, o Marcos não faria isso com o próprio texto dele. "sim, não faria" (voz mais grave).
Acho que a diva que nasceu dos concursos de talentos da Itália pode estar acabando com sua carreira de super voz. Ela não sumirá, claro que não. Mas duvido que ganhe outra oportunidade como esta. Talvez seja apenas um nervosismo. Talvez no Oscar, para 1 bilhão de pessoas e ao vivo, ela fique mais calma. Acho que esta música só poderia ser interpretada por Lara Fabian. Mas cantoras como Celine Dion e Mariah Carey também dariam conta. Acho que seria a hora de dar uma chance a Mariah que, mesmo com a voz cada vez menor, é a voz mais extensa e com mais técnica da história da música pop e possivelmente eternamente imbatível (tecnicamente falando)(ela é uma anomalia, chata, mas uma anomalia).
Quanto ao filme... Bom... Achei foda!
Todos devem assistir. James merece nossos reais. É um dos maiores filmes de entretenimento que já vi. Perfeito! Dizem que falta texto, história. Eu acho que não. Filme lindo. Assistam! Minhas palavras são feias demais para um filme tão bonito e tão caro.

2 comentários:

Anônimo disse...

acho que leona nao eh tao ruim quanto voce pensa. ela comecou sua carreira depois de ganhar um concurso de talentos chamado x factor na inglaterra e os ingleses tem paixao por ela. pode ser sim que talvez sua atuacao, pelo seu ponto de vista, nao tenha sido perfeito, mas tambem nao acredito que tenha sido lamentavel. simon cowl, o agente dela, que eh produtor, dono de gravadora, etc, e que ja lancou muitos nomes eh reconhecidissimo e um dos melhores da area em los angeles e em londres. dado o talento e experiencia de simon, e o trabalho que leona vem desempenhando, na europa e usa, e tambem pelo fato de que quem dita o cenario musical internacional sao os usa e o reino unido, eh uma questao de tempo ate que ela seja reconhecida mundialmente, e na pior das hipoteses, ela poderia sim sumir do cenario musical brasileiro, mas nao da Gra-bretania.
Filipe

juliapedreira disse...

luppi, te vi ontem em frente à ufes. eu podia ter te atropelado. rss..